quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Obrigada 2015.. Seja Bem-Vindo 2016.

 
Finalmente o grande dia chegou. O encerramento. 
O ultimo dia de 2015. 

Provavelmente hoje, muitos de vocês devem estar as pressas, preparando a ceia, ou escolhendo qual roupa usar, qual cor, pensando em qual sobremesa levar para o jantar da família.

Mas espere um pouco, tire um pouco do seu tempo hoje para agradecer por 2015. Sim, agradecer.
Sabemos que este ano não foi fácil, para ninguém, em lugar algum. 
Cada pessoa foi afetada por um problema diferente, seja pessoal, ou algo que aconteceu no seu país/cidade, e que consequentemente te afetou.

Vamos fazer um balanço ok?
2015 foi marcado por tragédias, sejam elas causadas pelas mãos do homem ou pela natureza. 
Fatos que antes poderiam ser inimagináveis, aconteceram.
Que nos fizeram parar e refletir. 
Mesmo quando não acontecia onde moramos, nos faziam ficar em frente a tv, atordoados, pensando em como aquilo era possível.

Sofremos por Mariana, por Paris, pela seca em diversos estados, pela corrupção do Brasil, pelos refugiados que perderam suas vidas tentando chegar aos países europeus, pelas mudanças no governo. Imagens que marcaram o ano.
Enfim, sofremos por todos, mesmo sendo por aqueles que estão longe. Que não conhecemos.

Infelizmente, muitas coisas não estão ao nosso alcance. Não temos controle sobre elas.

O que nos resta, é agradecer. Agradecer pelas bençãos que recebemos em 2015, pelas conquistas, pelas superações. Eu sei que cada um deve ter algo para agradecer. Então agradeça. Pela sua vida, pela vida das pessoas que você ama. 

Se você teve uma perda neste ano, eu espero que Deus conforte seu coração. E que Ele te abençoe neste ano que esta chegando, para que você vença as dificuldades e tenha um ano feliz.

2016 ainda não chegou, faltam algumas horas, mas vamos agradecer pelo ano que está acabando, e torcer, orar, pedir. Que o ano que esta por começar, seja melhor, seja mais tranquilo, em todo o mundo.

Que cada um possa guardar de 2015, apenas aquilo que lhe fez bem.
Que 2016 nos traga bençãos e vitórias, e nos devolva toda a paz que em 2015 ficou abalada.

Que neste ano todos os seus sonhos se realizem, que seus objetivos sejam alcançados. Mas não se esqueça que você tem que lutar para isso. Afinal, não existe vitória sem luta.

Obrigada 2015, por todo o aprendizado que nos trouxe, seja em um momento de dor ou alegria.
E Seja Bem-Vindo 2016, espero que traga muita paz, amor e saúde. 
Para todos.

Um Beijo. E até logo.


quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Como evitar brigas em um relacionamento ?


 Já fiz um post aqui no blog falando sobre como manter um relacionamento duradouro e feliz -se você não leu ainda, clique aqui. 
E depois daquele dia, presenciei relatos sobre brigas no casamento, e quis compartilhar o que eu aprendi, aqui com vocês.

Como já disse antes, cada relacionamento é único, pois cada pessoa é única, mas acredito que o meu aprendizado, possa te ajudar também.

Antigamente, eu era o tipo de mulher que não ficava calada, se meu companheiro falasse alguma coisa que me desagradasse, eu respondia na hora. Mas depois de um tempo, eu aprendi. Na Bíblia está escrito: 
"A mulher sabia edifica sua casa, mas a tola a derruba com as próprias mãos"
                                                                                                                Provérbios 14:1
E realmente, isso é verdade, pois eu já consegui evitar diversos momentos que poderiam terminar em briga, com uma simples conversa. Não quero dizer que somente as mulheres tem o dever de zelar pelo relacionamento, mas acredito que os homens são mais teimosos, e sendo assim, para nós, é mais fácil controlar a raiva e os impulsos em um momento de estresse.

Primeiro, se seu marido/esposa chegar em casa estressado, e for mal educado com você, não revide, procure saber o motivo para ele estar assim. Já conversei com pessoas que me disseram o mesmo, que depois que o companheiro(a) se acalmou, pode perceber que o problema era um estresse que havia acontecido, e acabou levando para casa,

Se acha que ele precisa conversar, ouça mais e fale menos. As vezes, tentando ajudar, podemos acabar atrapalhando, irritando mais a pessoa, ou a deixando magoada. 

O que seu companheiro(a) precisa na hora do nervosismo, é de alguém que o escute, que mostre que ele não esta sozinho. 

Deixe ele se acalmar um pouco e pergunte o que aconteceu, se ele não quiser responder na hora, pode ter certeza que mais tarde ele irá te contar, e essa será a hora de conversar e se entender. 
Se ele te magoou antes, mostre que você se sentiu assim, mas sem brigas ok, Ele poderá perceber que descontou a raiva em você, e pedir desculpas.

Companheirismo em um relacionamento, é algo de extrema importância, o esposo é o alicerce da esposa, e vice versa. É dentro de casa que a pessoa deve encontrar o consolo que precisa em uma hora de dificuldade. Se você souber resolver as situações mais complicadas a base de conversa, com certeza não haverá brigas entre vocês.

Espero ter ajudado. 

Um Beijo. E até logo.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Preciso estar na moda para ser feliz?

  Muito antes de criar o blog, eu já acompanhava várias outras meninas. Na verdade, acompanho muito mais no YouTube, mas como acho que me sinto melhor escrevendo do que gravando, decidi pelo blog. 
Enfim, antes de tudo isso, algo que sempre me incomodava era: 

"Como vou criar um blog se não tenho o perfil dessas garotas?" .

Muitas vezes, quando vemos essas meninas -algumas são chamadas de It Girls- imaginamos que nós, meras mortais -hahaha- não poderíamos nos comparar a elas. Mas na verdade, podemos SIM. 
Acho lindo essas garotas que conseguem se maquiar perfeitamente, que fazem um babyliss como ninguém, ou que conseguem andar em plena luz do dia com base, pó, corretivo, etc, sem derreter nesse calor.

Acredito que cada pessoa tenha um dom, e esse definitivamente não é o meu hahaha
Claro, quando vou para uma festa, ou algo assim, tento me maquiar, me arrumar um pouco mais. Mas não sou do tipo de pessoa que passa maquiagem para ir ao supermercado, -nada contra quem goste- mas a minha vaidade não é tanta assim. 
Gosto de me cuidar, de me sentir bem, bonita, mas não consigo ser do tipo que acorda cedo para se maquiar e arrumar o cabelo -a menos que tenha que fazer isso para o trabalho é claro.

O que quero dizer é, muitas vezes, acompanhamos meninas que são lindas, vaidosas, e que realmente chamam a atenção, e as vezes podemos pensar: "Por que eu não consigo ser assim?"
E eu te respondo, você não consegue ser assim porque você é perfeita do seu jeito. da forma como se sente bem.

Se você esta feliz assim, quem vai te dizer o contrário ?
Se você acha que não esta feliz, e que precisa mudar, vá em frente, mas se você se sente bem com seu corpo, com seu cabelo, usando ou não maquiagem, parabéns, continue assim e tente mostrar isso para outras pessoas. 
Eu não me privo de sair, ir a uma festa, pelo fato de não conseguir fazer escova em mim mesma -e realmente não consigo. Nem pela falta de uma mega maquiagem ou uma roupa da moda. Se for para deixar de ir, será por não estar a fim mesmo.

Aprendam isso garotas -e garotos também- devemos nos amar como somos. Agradar a nós mesmos. Pois do que adianta agradar outra pessoa, e se sentir mal?

Pensem nisso.

Um Beijo. E até logo.


segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Sonhos


Sempre me considerei uma pessoa sonhadora. Desde pequena imaginava como seria meu futuro, o que eu faria, onde estaria, com quem estaria. Pensava na profissão, na família, nos amigos, enfim, em tudo.
Tinha sonhos a se realizar, e quem não tem ?
Acredito que os sonhos nos ajudam a seguir em frente. Ter um objetivo a ser atingido nos ajuda muitas vezes, a decidir como agir em diversas situações.

Confesso que ainda não realizei muitos dos meus sonhos, mas estou no caminho certo. Graças a Deus.

Acredito que a persistência, a , a determinação e a paciência são coisas fundamentais para realizar qualquer sonho. Ter pessoas ao seu lado que te apoiem e te incentivem, também é importante, pois elas irão te ajudar quando você pensar em desistir.

Se você tem um sonho, que ainda não se realizou, e esta ansioso, te dou uma dica:

 "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele, e o mais Ele fará"
                                                                                Salmos 37:5

Passei por um momento de muita ansiedade e preocupação, cheguei a passar mal e ter que ir ao posto tomar soro -para terem uma ideia da gravidade. Achei que estava doente, que precisava de um medico, e quando fui ao psiquiatra, ele me receitou um remédio muito forte, e eu me recusei a tomar. Não sentia que precisava disso, estava emocionalmente abalada, mas não acreditava que precisava de um remédio assim.

E realmente, percebi que eu tinha me afastado muito de Deus, que tinha "esquecido" a minha fé. E quando voltei, quando me reaproximei, melhorei, fui curada.

Por isso digo sempre, quando alguém esta passando pelo mesmo que passei. Confia, e espera. Acalma seu coração.

Meu marido também passou por isso, pouco depois de mim, não ficou tao mal quanto eu, mas estava ansioso. E ele aprendeu isso também, quando ele descansou e confiou, tudo se ajeitou.

Então, se o seu sonho parece demorar para se realizar, não fique aflito, as vezes o momento que nós achamos o certo, não é. Tudo acontece no momento certo, na hora perfeita, e nas circunstancias perfeitas. 

Espero que vocês também percebam isso.

Um Beijo doce. E até logo. 

Como ter um relacionamento duradouro (e feliz) ?

  
Sempre que conto para as pessoas a quanto tempo eu e o Rafa estamos juntos, elas se espantam com a resposta.. Afinal, começamos a namorar quando éramos bem novinhos..
  
  Eu nunca entendi o espanto sobre isso, sério, isso deveria ser algo comum. Duas pessoas que se amam, a muito tempo juntas, e que pretendem continuar.

  Resolvi compartilhar com vocês as minhas dicas para conseguir ter um relacionamento duradouro, e feliz -sim- feliz, pois eu já vi pessoas que passaram anos juntas, e não eram felizes, eram acomodadas, ou sei lá o que
As dicas são:


  • Ore. Sim, orar em primeiro lugar, primeiro porque eu acredito e muito que foi Deus quem nos uniu, quem cruzou os nossos caminhos e fez com que nos apaixonássemos.   Se você conheceu alguém e quer saber se deve seguir em frente, ore, pergunte a Deus, pois eu tenho certeza que Ele te responderá.

  • Conheça a pessoa não só nos momentos alegres, procure conversar, conhecer sua história, o que ela quer da vida, o que já passou, seu ponto de vista. Procure saber se seus objetivos são os mesmos, e se gostam das mesmas coisas. Isso também é muito importante.

  • Saiba Ouvir. Muitas vezes vejo pessoas reclamando que seu companheiro não a ouve. Mas percebo também que muitas dessas pessoas querem ser ouvidas, mas não estão dispostas a ouvir. Relacionamentos são baseados em companheirismo, e ouvir o que seu parceiro tem a dizer também faz parte disso.

  • Tenha paciência. É, não sera fácil, nada é. Mas se você tem certeza de que a pessoa que esta com você, é a que passara o resto da vida ao seu lado, você tem que ter paciência -e MUITA- pois muitas vezes será você quem terá que ajudar o seu parceiro a passar por um momento difícil, onde ele não ira querer ver ninguém, falar com ninguém, mas ao mesmo tempo, precisara de um ombro "amigo" para desabafar. Ou ate mesmo, você poderá levar uma "patada" sem ter feito nada, e precisará entender que seu companheiro(a) fez isso em um momento de raiva, e que depois pedira perdão.
  • aaa, e por falar em perdão. Isso mesmo, PERDÃO. Muitas vezes você terá que perdoar e pedir perdão, poderá ser por um motivo "bobo" ou não. Pedir perdão e saber perdoar também são essenciais em um relacionamento.
 Claro que cada relacionamento é único, pois cada pessoa é unica, mas acredito que os itens acima servem para todos. Espero que tenham gostado, e se tiverem alguma dica, contem aqui nos comentários, tenho certeza que todo mundo tem uma dica, ou uma experiencia para contar. 

Um beijo. E até logo.


domingo, 27 de dezembro de 2015

Um pouco sobre mim.

  Olá Pessoal.

  Como vou compartilhar muito da minha vida com vocês, nada melhor do que uma apresentação completa, não é mesmo?

  Enfim.. Como já sabem, tenho 20 anos, e a mais de 6 estou em um relacionamento. 
Graças a Deus, eu e meu companheiro NUNCA nos separamos.. Dei enfase nessa parte, pois sempre que conto isso, as pessoas se espantam. Deve ser porque hoje em dia, os relacionamentos duradouros e sinceros são mais difíceis de encontrar -pelo menos deve ser o que acham.. Mas enfim.

  Conheci o Rafael com 13 anos, e me lembro exatamente o dia, mês, ano, local, e ate mesmo como foi nossa primeira conversa hahaha. Mas se for contar tudo, o post ficará muito longo.. 
  Começamos a namorar depois de 6 meses que nos conhecemos, e nesse tempo eu já tinha 14 anos e ele 17.

  Nunca nos separamos depois disso, nem mesmo demos "um tempo" como as pessoas dizem. Claro que já tivemos nossas crises, mas graças a Deus soubemos nos entender com conversas e companheirismo.

  Passei por muitos altos e baixos na minha vida, meus pais se separaram quando eu tinha uns 2 anos, e eu fui criada pela minha avó paterna e meu padrinho -que era marido dela- e como já contei para vocês, sou muito grata a Deus por isso, apesar de ter sofrido diversas vezes com a ausência dos meus pais, pois por mais que eles fossem me ver, ou entrassem em contato, nunca é a mesma coisa, se é que me entendem.

  Minha avó me criou como uma verdadeira Filha -ela sempre diz que eu sou a filha que ela não teve, pois teve dois meninOs. E me educou e me preparou para a vida de uma forma que eu também quero educar meus filhos. Mas nunca me ensinou a chama-la de mãe, pois sempre disse que eu tenho uma mãe. 

  Tenho 5 irmãos. Duas meninas e um menino por parte de mãe. E um casal por parte de pai. E apesar de não conviver todos os dias com eles, eu os amo muito.

  Sai da casa da minha avó no final de 2013, e vim morar com meu "namorado", na casa dos pais dele. Isso foi uma decisão em conjunto, minha, dela e dele claro. E a partir dai temos enfrentado a vida de "casados". 
Temos nossos problemas como todo casal, mas sempre procuramos ser companheiros um do outro, acima de tudo. E sonhamos com nossa casa e família. Visito sempre minha avó, e nos falamos todos os dias também.

  Ufa, acho que por hoje chega não é mesmo.. 

  Essa foi uma parte da minha vida. Espero que tenham gostado de me conhecer um pouco mais. E se quiserem saber algo mais sobre a minha criação ou meu relacionamento, é só pedirem que eu conto ok ?! 

Um Beijo doce. E até a próxima.


Sejam Bem-Vindos !


 Passei muito tempo pensando e planejando, se deveria criar o blog ou não. E com a opinião de pessoas importantes para mim, decidi arriscar. Afinal, o que pode dar errado, não é mesmo?

  Vamos as apresentações: Meu nome é Karla, tenho 20 anos, e fui criada desde os 2 anos -aproximadamente- pela minha avó paterna, e devo a ela muitas conquistas da minha vida. 

  
  Moro com meu companheiro a 2 anos, e estamos juntos a 6 anos e 5 meses. Eu sei, faz muito tempo, principalmente pela nossa idade (ele tem 23). Sonho em oficializar a nossa união -quem sabe logo logo isso aconteça- e construir nossa família.

  Vou compartilhar com vocês minhas opiniões sobre os mais diversos assuntos. Minhas experiências de vida, e sonhos para o futuro.


  Espero que gostem.


Um Beijo Doce. E até o próximo post.